28 de nov de 2014

Evento em SP buscará soluções para problemas enfrentados por pessoas com deficiência

Foto das informações do evento


Entre os dias 28 e 30 de novembro, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo (SP) realizará o TOM São Paulo, com o objetivo de trazer abordagens positivas e inovadoras para questões relacionadas à deficiência. 


A iniciativa, fechada para convidados, reunirá cerca de 80 profissionais de diferentes áreas de atuação, como engenheiros, médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, designers, profissionais de TI e arquitetos, além de pessoas com deficiência que trabalharão buscando soluções para minimizar os desafios enfrentados no dia a dia.


Ao longo do evento, os convidados somarão esforços e expertises para elaborar projetos e protótipos que aperfeiçoem técnicas já existentes ou que criem soluções viáveis e replicáveis para atender as necessidades de pessoas com deficiência. 


Para isso, os participantes serão divididos em equipes multidisciplinares que deverão desenvolver soluções para seis desafios, que já foram selecionados e apresentados aos convidados.


A seleção foi realizada com base em um levantamento feito com entidades, pessoas com deficiência, profissionais e especialistas. 


Dessa forma, durante a maratona tecnológica as equipes multidisciplinares trabalharão para encontrar soluções alinhadas às situações apresentadas. Os projetos deverão ser construídos durante os três dias de evento.


Os desafios apresentados foram: calha para bocha adaptada com desenho e material para alta performance; controle para cadeira de rodas motorizada que otimize a usabilidade e integração entre softwares de reconhecimento de voz e de controle de ambientes; aplicativo com Google Maps para consulta sobre acessibilidade e dispositivo que permita pessoa com limitação motora e intelectual tirar fotos e gravar vídeos com autonomia; solução que permita a execução de notas com instrumentos musicais ou aparelhos eletrônicos + brinquedos e tapetes sensoriais para crianças com deficiência visual; display braile de baixo custo, com redução do número de células e interface com sistema touch; acessibilidade em computadores, videogames e outros eletrônicos com interfaces inovadoras.


As soluções serão desenvolvidas em parceira com diferentes instituições como Fundação Vanzolini, Associação Desportiva para Deficientes (ADD), Cavenaghi, a Rede Lucy Montoro, Fundação Educacional Fernandópolis, Mobgraphia, Freedom,  Inovalab,  Laramara,  Mais Diferenças, Senai,  Instituto de Pesquisa Tecnológica, Certi, OttoBock, CTI e os departamentos de Engenharia e Mecatrônica da Poli – USP (Universidade de São Paulo).


O TOM Brasil foi inspirado no projeto TOM Israel  - evento realizado na cidade de Nazaré que, pela primeira vez, acontecerá fora do seu país de origem – e será realizado em São Paulo (SP), nas dependências do Departamento de Engenharia de Produção da Poli -USP.


As conquistas do TOM São Paulo poderão ser acompanhadas pela página do evento no Facebook.


Fonte: GIFE


Nenhum comentário:

Postar um comentário