21 de jun de 2016

Campanha sobre direitos das pessoas com deficiência concorre em Cannes




Segundo a ONU, 10% da população mundial tem algum tipo de deficiência. Em Curitiba, uma das maiores cidades brasileiras, são mais de 400 mil pessoas. E o pior problema que elas enfrentam é a falta de respeito aos seus direitos. 


Após muitas campanhas de conscientização realizadas sem surtir o efeito desejado, era hora de uma mudança radical de atitude. 


A partir desse briefing, a agência Competence criou para a Prefeitura de Curitiba e para o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Curitiba uma campanha que mobilizou não só a cidade, mas todo o Brasil: a ‘anticampanha’.


A estratégia foi gerar uma grande repercussão por meio da indignação das pessoas. Para isso, a ideia foi criar uma entidade falsa que se posicionasse contra o direito das pessoas com deficiência. Assim surgiu o “Movimento pela Reforma de Direitos”, que se manifestou através de outdoors, uma página no Facebook e uma petição online.


 O outdoor pedia o fim do que o movimento chamava de privilégios para as pessoas com deficiência, e a fanpage nas redes sociais questionava vários dos direitos adquiridos por elas. Foi o suficiente para chamar atenção de milhões de pessoas e da mídia.


Com isso, chegou o momento de contar a verdade e foi convocada uma coletiva de imprensa para mostrar quem estava por trás do movimento fictício. 


Um dia após o lançamento do movimento, diante das maiores emissoras e portais de notícias do Brasil, foi revelado que o autor da manifestação era o próprio Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, formado por pessoas com algum tipo de deficiência e representantes da causa.


A partir disso, começou a segunda fase da campanha. Todas as peças visuais que falavam sobre os direitos das pessoas com deficiência sofreram uma intervenção, que dizia: 


“Se tantos se revoltaram contra isso, por que tantos desrespeitam? Não é privilégio, é direito. Somos muitos, respeitem nossos direitos.” 


A ação viralizou ainda mais e ganhou espaço não só na internet, onde se tornou Trending Topic Brasil e gerou milhares de comentários e compartilhamentos no Facebook, e também em diversos programas de TV.


O ponto alto dessa exposição na televisão foi uma grande participação da secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Curitiba, Mirella Prosdocimo, no talkshow Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo, um dos programas com maior audiência no país, para tratar do tema em nível nacional.


A campanha concorre em três categorias (PR, Mídia e Promo & Activation) no 63º Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, que acontece de 18 a 25 de junho, na cidade francesa.


Abaixo, o vídeo da campanha:

 







 Fonte: Inteligemcia / Vida Mais Livre


Nenhum comentário:

Postar um comentário