4 de mar de 2016

Pedagoga gaúcha desenvolve livro sensorial para crianças autistas





A pedagoga Cristiane Mendes esteve reunida com o presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, e com a coordenadora de Pesquisa da fundação, psicóloga Andréa Asti Severo, para apresentar o projeto que desenvolveu: um livro sensorial para crianças autistas.


Os livros desenvolvidos no mês de dezembro no seu ateliê de forma totalmente artesanal, tem como objetivo promover um entretenimento mais saudável para as crianças.


Ainda no início de tudo, a pedagoga, com uma veia artística e empreendedora, diz que vai buscar se qualificar cada vez mais para tornar o seu trabalho melhor. 


E assim, ela espera que a ideia proposta seja aceita pelas escolas e alcance o maior número de crianças possíveis no Estado.


De acordo com Cristiane, tudo começou quando um familiar dela que reside em outra cidade a mandou um vídeo. 


“Meu primo que não mora aqui em Porto Alegre me enviou um vídeo de uma empresa de São Paulo. Ali vi que eles tinha uma proposta muito legal. Achei muito interessante e acabei tendo a ideia de desenvolver um projeto semelhante para as crianças daqui. Sendo assim, em dezembro do ano passado comecei a criar os livros”, destacou a pedagoga.


Para o presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, a ideia tem tudo para dar certo e para agregar a educação infantil. 


“Os livros tem um grande potencial para entreter as crianças e não apenas a fazê-las brincar, mas também desenvolver suas habilidades com a montagem dos cenários propostos nas histórias do livro”, concluiu o presidente.

 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário