2 de set de 2014

Seleção Brasileira disputa de 4 a 6 de setembro, nos Estados Unidos, o Mundial de Judô para Cegos

Foto de dois atletas de judô


A Seleção Brasileira de judô para cegos embarcou neste domingo, 31, para a disputa do Mundial da modalidade. 


A principal competição da temporada de 2014 será realizada entre os dias 4 e 6 de setembro, em Colorado Springs, nos Estados Unidos. 


O evento ocorrerá na sede do Comitê Olímpico local (USOC, sigla em inglês). A delegação é composta por 13 judocas e mais 14 pessoas que integram o estafe do país.


Foram inscritos para o torneio aproximadamente 250 atletas de 37 países. Vale ressaltar que, no judô para cegos, são seguidas os mesmos pesos do judô olímpico convencional para a divisão das categorias, tanto no masculino quanto no feminino. 


A única exceção é a categoria mais pesada entre as mulheres. No esporte paralímpico, a atleta tem de ter mais de 70kg, enquanto o judô convencional estabelece os 78kg.


O principal objetivo do time brasileiro é melhorar o desempenho conseguido na última edição, ocorrida em Antalya, Turquia, em 2010. 


Na ocasião, foram conquistadas quatro medalhas – três de bronze e uma de prata -, todas elas obtidas pela equipe feminina. De acordo com o coordenador-técnico do judô da Confederação Brasileira de Deficientes Visuais (CBDV), Jaime Roberto Bragança, houve uma parcial renovação do grupo. 


O Brasil visa ampliar as chances de medalha, já que, como país-sede dos Jogos de 2016, tem vaga garantida em todas as classes.


“Temos alguns atletas experientes no grupo, medalhistas paralímpicos, como o Antônio Tenório, a Lúcia Teixeira e etc. Destes, nós já esperamos bons resultados. Mas há também uma turma nova, metade da Seleção, que está mais renovada. A expectativa toda do trabalho gira em torno de 2016. Queremos que agora eles peguem a noção do nível em que estão em relação aos adversários”, afirmou Jaime.


Outro alvo da comissão técnica brasileira é o aumento das chances de pódio com a equipe masculina. Sem medalhas no Mundial passado, o time apoiou-se em Antônio Tenório nas últimas competições. 


Veio dele a única láurea dos homens nos Jogos de Londres-2012, um bronze na categoria até 100kg. Ele ainda tem em seu currículo outras quatro medalhas paralímpicas, todas de ouro.


“Até o ciclo passado, nós só tínhamos o Tenório entre os homens. No Mundial, ele acabou ficando em quinto lugar. Mas agora nós batalhamos para classificar vários atletas em diferentes pesos no masculino. O grupo está crescendo como um todo. Eles têm evoluído bastante e isso é importante”, completou o coordenador-técnico.


O Brasil chega a Colorado Springs nesta segunda-feira, 1. Após a classificação dos judocas, haverá, na quarta-feira, 3, a pesagem oficial da competição e o sorteio das chaves do Mundial. 


Nos dias seguintes, as lutas terão início a partir das 9h30 (horário local, 12h30 de Brasília). As disputas por medalha ocorrerão sempre a partir das 16h30 (19h30 de Brasília).
 

Confira a lista de convocação para o Campeonato Mundial de Judô para Cegos


Abner Nascimento de Oliveira

Antônio Tenório da Silva
 
Arthur Cavalcante da Silva
 
Deanne Silva de Almeida
 
Halyson Oliveira Boto
 
Harlley Damião Pereira de Arruda
 
Karla Ferreira Cardoso
 
Lúcia da Silva Teixeira Araújo
 
Luiza Guterres Oliano
 
Michele Aparecida Ferreira
 
Rayfran Mesquita Pontes
 
Roberto Julian Santos da Silva
 
Wilians Silva de Araújo
 

Time São Paulo
 

Os atletas Antônio Tenório e Lúcia Bernardes são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado do Direito das Pessoas com Deficiência de São Paulo que beneficia 34 atletas e seis atletas-guia de nove modalidades.




Nenhum comentário:

Postar um comentário