30 de abr de 2014

Governo qualificará pessoas com deficiência de todo o Estado de Sergipe

Foto de uma carteira de trabalho
Em reunião na tarde da última quarta-feira, 23, os secretários de Estado do Trabalho (Setrab) e dos Direitos Humanos e da Cidadania (Sedhuc) firmaram uma parceria para a ampliação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Sergipe, que tem por objetivo a qualificação e inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, de acordo com o que determina o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite, por meio do Decreto 7.612, de 17 de novembro de 2011.


O Governo do Estado, através das Secretarias do Trabalho e dos Direitos Humanos pretende iniciar o mais breve possível o processo de qualificação de pessoas com deficiência de todo o Estado, assim como a ampliação dos cursos. 


O Núcleo de Apoio ao Trabalho dispõe atualmente de 140 vagas de empregos para pessoas com deficiência. Os interessados devem procurar o posto central do NAT situado à rua Riachuelo,726 Aracaju.


O secretário de Estado do Trabalho, Antônio Hora, destaca as perspectivas do Programa em Sergipe. “Nossa meta é a de nos próximos meses trazermos números animadores em relação à quantidade de vagas ofertadas no Pronatec para pessoas com deficiência; e também, a quantidade de pessoas com deficiência sendo capacitadas e inseridas no mercado de trabalho”, avaliou.
 
O secretário de Estado dos Direitos Humanos e Cidadania, Antônio Bittencourt, ressaltou a importância do Programa para as pessoas com deficiência no Estado. 


“O Pronatec tem a proposta de dar um salto qualitativo na vida das pessoas com Deficiência que encontram barreiras para estarem inseridas no mercado de trabalho. Com a capacitação, essas pessoas estarão preparadas para conquistarem seus espaços”, explicou Bittencourt.


“Iremos subsidiar o nosso banco de dados para que a Secretaria dos Direitos Humanos possa pactuar vagas junto aos Ministérios, trazendo uma maior quantidade de vagas de cursos de formação para as pessoas com deficiência no Estado”, explica o secretário do Trabalho, João Hora.


Ainda segundo João Hora, a Setrab está se habilitando à condição de supervisora de demandas. 


“A partir do momento em que a SEDHUC passe a ofertar vagas, a SETRAB vai supervisionar e realizar pré-matrículas de pessoas com deficiência para que possam ocupar essas vagas do Pronatec”, pontuou.


O secretário de Estado dos Direitos Humanos e da Cidadania, Antônio Bittencourt, através do banco de dados do Núcleo de Apoio ao Trabalho a secretaria buscará os meios para preenchimento das vagas. 


“Faremos um trabalho de divulgação, por meio de todos os mecanismos possíveis, com o apoio da comunidade e do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência”, informou Bittencourt.


Participaram também da reunião, o secretário adjunto do Trabalho, Jorge Araujo Filho; o  coordenador de Qualificação do NAT, Cláudio Viana e a assessoria do NAR, Juliana Ferreira.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário