30 de nov de 2012

Sesc do Maranhão recebe exposição voltada para a inclusão e acessibilidade

Mulher vendada tateia instalação em parede

Em São Luís (MA), a galeria de arte do Sesc está realizando várias atividades voltadas para a inclusão social e a acessibilidade. Uma delas é a exposição da artista plástica maranhense Adrianna Karlem. A ideia é estimular os visitantes a se relacionarem com o ambiente ao seu redor, por meio dos cinco sentidos do ser humano.

Caminhos que estimulam todos os sentidos do ser humano, assim é a instalação do “
Labirinto das Sensações: universo de memórias”, da artista maranhense Adrianna Karlem. A exposição é parte do programa de arte e educação inclusiva do Sesc que já tem 16 anos. A intenção é fazer com que o visitante crie imagens sem contar com o auxílio da visão

“Criar imagens e também pensar em sensações, em possibilidades que, através dessa apreciação tátil, sensorial, objetiva, dessa apresentação do olfato também, ele possa ter outras sensações, que é a ideia da instalação, onde a gente trabalha com as lembranças, as recordações, a partir das sensações que a gente tem no cotidiano”, explica a técnica em Cultura do Sesc, Paula Barros.

Todos os níveis da percepção são testados. Para aqueles que não são
deficientes visuais utilizam vendas e bengalas para auxiliar no passeio. Logo na entrada, o piso tátil dá o direcionamento. Na primeira parte da visitação, o visitante usa a audição, o olfato e o tato. Vendados, os visitantes experimentaram a sensação de tocar o desconhecido e tentaram descobrir as texturas e formas dos objetos.

 Durante o tour pela exposição, o olfato e a visão também são provocados. Como parte do projeto, várias oficinas voltadas para a inclusão e acessibilidade estão sendo realizadas pelo Sesc. “Temos uma série de palestras, de workshops que trabalham com a questão do braile das libras, do design inclusivo, dos recursos didáticos adaptados para o aluno com deficiência visual”, conta Paula Barros.

A exposição "Labirinto de Sensações: Universo de Memórias" pode ser vista até o dia
6 de dezembro, na galeria de arte do Sesc Deodoro, no centro de São Luís, das 9h às 17h30 tarde. As visitas de grupos podem ser agendadas pelo telefone 3216-3830.

Nenhum comentário:

Postar um comentário