5 de jul de 2016

Inclusão Sem Fronteiras promove evento em Imbituba







A foto está no formato retangular. Nela, três livros coloridos pendurados e no fundo uma pessoa com deficiência física na cadeira de rodas. Fim da descrição.


O evento da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, promovido pela Fundação Dorina Nowill oferece um projeto de ‘Inclusão sem Fronteiras’, que acontece no dia 06/07, em Imbituba (SC).


A data foi escolhida em razão da lei . 13.146, de 6 de julho de 2015, que institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência).


A Tenda Literária, que nos meses de Verão vai ocupar as praias de Imbituba oferecendo espaço para a leitura, será a ‘estrela’ do evento. Todo o acervo estará disponível em braile, fonte ampliada, audiolivro ou livro falado.


Um dos intuitos é fazer com que o leitor que não possui deficiência visual entenda a forma de leitura das pessoas cegas. 


“Há uma curiosidade em sentir os livros, em compreender como os cegos leem e em como compreendem aqueles pontinhos no papel. Mas o que mais desejamos é conhecer nosso leitor cego em Imbituba, sabemos que ele existe e queremos conhecê-lo”, explica a bibliotecária Gláucia Maindra da Silva, gerente de Fomento e Incentivo à Cultura, da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura de Imbituba.


A associação entre a Secretaria de Cultura e a Fundação Dorina iniciou-se quando a biblioteca passou a receber o acervo em braile e com audiolivro


Desde 2014, a Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa participa dos encontros da Rede Leitura Inclusiva Grupo de Trabalho Santa Catarina.


A psicóloga Ana Paula Silva, coordenadora do projeto na Fundação Dorina Nowill, acredita que não basta apenas produzir e distribuir livros acessíveis.  


É necessário que o profissional esteja capacitado para oferecer o material e orientar as pessoas com deficiência visual, além de qualificar o facilitador para em seguida montar a rede de articulação com pessoas e organizações interessadas em promover a leitura inclusiva.



 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário