25 de jul de 2016

UNG tem 21 vagas em cursos gratuitos a distância para mães de crianças com doenças raras



A Universidade UNG tem 21 vagas, exclusivas para mães de crianças com doenças raras, em cursos gratuitos de graduação e especialização educação a distância (EAD) – nas áreas de:


  • Engenharia Mecânica;
  • Engenharia de Produção; 
  •  Engenharia Elétrica; 
  • Engenharia Civil;
  • Ciências Contábeis; 
  • Administração; 
  • Marketing; 
  • Gestão de Qualidade;
  • Gestão de Recursos Humanos;
  • Gestão Financeira; 
  • Gestão em Processos Gerenciais; 
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas; 
  • Logística;
  • Letras/Português ou Inglês;
  • Pedagogia;
  • Nutrição; 
  • Gastronomia;
  • Gestão Ambiental;
  • Gestão Pública;
  • Gestão Ambiental;
  • Gestão Hospitalar;
  • Ciências Aeronáuticas.


A ação faz parte do projeto ‘Mães Produtivas’, da Aliança de Mães e Famílias Raras (AMAR) e do Grupo Ser Educacional, que identificou nessas mulheres uma grande dificuldade na continuidade ou mesmo no início de estudos, além de destacar um problema social.


“Mães de crianças com doenças raras, em sua maioria, são cuidadoras em tempo integral dos próprios filhos. Muitas são chefes de família. No Brasil, 5 milhões de crianças não têm o nome do pai no registro de identificação. E 70% das mulheres que têm filhos com deficiência são abandonadas pelos maridos (tornam-se cuidadoras de alguém), em um processo exaustivo que se desdobra em doenças secundárias para a mãe, como depressão e síndrome do pânico”, diz Daniela Rorato, vice-presidente da AMAR.


Para fazer inscrição é necessário entrar contato com a Aliança de Mães e Famílias Raras  pelo e-mail amareagir@gmail.com ou pelos telefones (81) 3132-0650 e (81) 9-8448-8710.


O prazo para efetuar a inscrição vai até dia 30 de julho.


 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário