30 de ago de 2016

Doença misteriosa faz criança de 4 anos se parecer com um idoso






DACA, Bangladesh - Um menino de 4 anos, portador de uma doença misteriosa que o deixa com a aparência de um idoso, foi internado no Hospital Universitário de Daca, capital do Bangladesh, na África, para se submeter a uma série de exames, informaram médicos locais e a família do garoto. O objetivo da equipe é identificar a doença e tratar, gratuitamente, a criança.


Bayezid Shikdar é filho de agricultores. Ele nasceu com excesso de pele, principalmente em seus membros e no seu rosto, dando a ele o aspecto de um idoso


O menino também tem uma série de problemas cardíacos, de audição e de vista, provavelmente ligados à enfermidade.


A família levou o garoto a diversos médicos, mas nenhum deles conseguiu diagnosticar o problema, explicou o pai, Lablu Shikdar, no hospital em Daca. Vários profissionais de saúde já falaram em progeria, ou síndrome de Huntchinson-Gilford, uma enfermidade genética que leva a um envelhecimento brusco do paciente, pouco após o nascimento


Foi esta doença que inspirou o filme "O curioso caso de Benjamin Button", no qual o astro Brad Pitt interpreta um homem que nasce com aparência de idoso e rejuvensce ao longo da vida 

.
Os médicos do hospital em Daca, porém, mostraram-se cautelosos com essa hipótese e disseram que serão necessários mais testes antes de um diagnóstico definitivo. 


A criança está na mesma unidade onde foi tratado um jovem de 26 anos com verrugas que fazem suas mãos se parecerem com galhos de árvore.


Nós vendemos nosso terreno para pagar pelo tratamento em hospitais locais. Levamos o menino a curandeiros, tentamos terapias com plantas naturais, mas nada mudou. Este hospital é nossa última esperança - explicou o agricultor à agência de notícias AFP. - Esperamos que ele possa se parecer com todos os outros meninos. 


No caso da progeria, o processo de envelhecimento se acelera com o tempo, explicou o médico Abul Kalam, chefe da unidade de cirurgia reparadora do hospital em Daca. Mas, segundo os pais de Bayezid, o envelhecimento do filho foi retardado recentemente, dando sinais de melhora.


De acordo com a equipe do hospital, a doença também pode estar relacionada com a consanguinidade. Nas zonas rurais de Bangladesh, são frequentes os casamentos entre membros de uma mesma família.


Para a mãe da criança, Jatun, seu filho é um menino como todos os outros.


- Ele joga futebol e e brinca de se esconder com os primos. É uma criança muito talentosa. Às vezes pega livros e quer ir para a escola, mesmo que ainda seja novo demais para isso - disse ela à AFP.



Fonte: O Globo
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário