5 de ago de 2016

Google premia projetos de pesquisa voltado para pessoas com deficiência




O Google anunciou os 24 projetos acadêmicos vencedores do programa de Bolsas de Pesquisa Google para a América Latina. 


Foram contempladas pesquisas da Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru e Brasil, que concentra a maior parte dos vencedores, 17, sendo que três dos projetos tem o intuído de facilitar a vida de pessoas com deficiência, veja:


  • Modelos de Ruídos para Melhorar Técnicas de Digitação Ininterrupta com os Olhos, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo – São Paulo

Objetivo: A pesquisa espera melhorar as ferramentas de entrada de texto baseadas no olhar usados por pessoas com deficiências motoras como a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) para se comunicar ao modelar seus ruídos característicos, para alcançar taxas de entrada mais altas e reduzir a fadiga ocular devido a erros de digitação.


Professor e estudante:
Maria da Graça Campos Pimentel; Raíza T. S. Hanada


***

  • Eliminando obstáculos: incluindo pessoas com deficiência visual em modelos de cooperativa, da Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo

Objetivo: Desenvolver e testar um modelo de software para ajudar na inclusão de pessoas com deficiência visual em cursos relacionados à matemática, computação e engenharia, bem como no mercado de trabalho.
 

Professor e estudante: Anarosa Alves Franco Brandão; Leandro Luque


***

  • Domótica Assistiva Multimodal com Sistema de Comunicação Aumentativa e Alternativa, da Universidade Federal do Espírito Santo – Espírito Santo

Objetivo: desenvolver um novo sistema de assistência para ser utilizado por pessoas com deficiência motora severa. Através dele, a pessoa com deficiência poderá controlar os diversos dispositivos eletroeletrônicos de sua residência, tais como lâmpada, ventilador e rádio, além de poder se comunicar por meio de sinais biológicos capturados dos músculos ou olhos.

 
Professor e estudante: Teodiano Freire Bastos-Filho; Alexandre Bissoli


***

Nenhum comentário:

Postar um comentário