14 de set de 2016

Instituto Viver Hoje lança portal de saúde acessível para pessoas com deficiência




Em julho, o Instituto Viver Hoje lançou o Portal Viver Hoje , um veículo de comunicação completo e interativo para quem deseja receber informações confiáveis e estudos recentes sobre os universos da saúde e do bem-estar.


Neste espaço, há  divulgação de matérias, pesquisas e entrevistas exclusivas sobre nutrição, sexualidade, saúde, bem-estar, qualidade de vida, cuidados paliativos, atividades físicas e muito mais


Além disso, pacientes podem deixar seus depoimentos e baixar as cartilhas da série Viver Hoje, com informações sobre prevenção e dicas para passar de maneira mais confortável pelo processo de superação de doenças.


Um dos diferenciais do Portal Viver Hoje é a preocupação com acessibilidade.


Confira as ferramentas:


  • Para pessoas com pouca visão: todos os artigos contam com um recurso para aumentar ou diminuir o tamanho do texto.
  • Para pessoas cegas: o portal Viver Hoje, tem código otimizado para leitores de tela.
  • Para pessoas surdas: em parceria com a ProDeaf, oportal conta com o recurso de tradução de texto e voz na língua portuguesa para Libras - a língua brasileira de sinais, com o objetivo de realizar a comunicação entre surdos e ouvintes. Procure pelo ícone na lateral do site e siga as instruções na tela para ativar o plugin.
  • Para pessoas com dificuldade de locomoção: o portal Viver Hoje, disponibiliza código e layout otimizados para navegação via teclado. É possível, também, ativar o teclado na sua tela, caso seus sistema operacional permita.

Além disso, o portal Viver Hoje é uma das únicas ONGs do Brasil a ter uma parceria com a ReadSpeaker, que habilita o recurso "OUVIR". 


Com esse recurso, o computador lê em voz alta o texto contido na página. Uma ajuda necessária caso tenha dificuldade em ler um texto online. 


Desta forma, o site torna-se muito mais acessível e agradável de visitar. Você não precisa baixar nada para utilizar esse recurso.


Fonte: Revista Incluir

 

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário