24 de ago de 2012

Paralimpíadas: Brasil é o país que mais conquistou o direito de participar de esportes coletivos


Logotipo dos Jogos Paralímpicos de Londres
Os Jogos Paralímpicos de Londres vão ocorrer de 29 de agosto a 9 de setembro. Dos nove esportes coletivos, o Brasil estará presente em sete.
O Brasil é o país que mais conquistou o direito de participar dos Jogos Paralímpicos de Londres nos esportes coletivos. Atrás apenas da Inglaterra, anfitriã dos Jogos, que tem direito a representantes competindo em todas as modalidades, o Brasil é o país que mais participará de esportes coletivos.

Os Jogos Paralímpicos de Londres vão ocorrer de 29 de agosto a 9 de setembro. Dos nove esportes coletivos, o Brasil estará presente em sete. As modalidades do Fut5, Fut7, goalball masculino e feminino, basquete em cadeira de rodas feminino e volei sentado masculino e feminino terão equipes brasileiras em busca do lugar mais alto do pódio. Apenas o rugby e o basquete em cadeira de rodas masculino não serão representados.

O Presidente do CPB, Andrew Parsons, destacou que o fato demostra o alto nível e a força do esporte paralímpico brasileiro, além de ser fruto de um planejamento técnico realizado a longo prazo.

“Não buscamos apenas o ganho de medalhas, mas também o crescimento e consolidação do esporte adaptado no país. Estamos no caminho certo. O Brasil é forte candidato a vitória em quase todos os esportes coletivos. Bicampeão mundial e paralímpico no futebol de 5 para cegos, a Seleção é uma das potências da modalidade, além de favorita ao ouro. No volei, a equipe masculina tem reais chances de medalhas e as meninas conquistaram pela primeira vez o direito de participar de uma Paralimpíada. O goalball fez bonito no Parapan. Os meninos conquistaram o ouro e as meninas levaram a prata, perdendo para os Estados Unidos, atuais campeões paralímpicos. Nosso Fut 7 sempre briga por pódio e tem boas chances”, analisou Parsons.

As conquistas das vagas vão ao encontro com o cenário previsto pelo planejamento técnico do CPB, que analisou o crescimento do Brasil no cenário paralímpico de 1992 até hoje. Em relação às conquistas de medalhas de ouro, o Brasil teve um crescimento de 433%, nos últimos Jogos.

O Diretor do Departamento Técnico, Edilson Alves, avalia que a forte presença brasileira nos Jogos de Londres foi um dos objetivos já alcançados pelo Comitê. “Ao classificarmos sete das nove vagas, percebemos que o planejamento vem sendo bem executado e isso é uma prova que estamos caminhando em direção a nossa meta: ficar entre as dez maiores potências paradesportivas do planeta,” comentou Edilson.

Confira as modalidades e os países classificados:

FUT 5
Brasil, China, França, Espanha, Grã-Bretanha, Argentina, Irã, Turquia.

FUT 7
Ucrânia, Brasil, Irã, Grã-Bretanha, Rússia, Holanda, Argentina, EUA.

GOALBALL
Homens: Finlândia, Turquia, Bélgica, Canadá, Lituânia, China, Irã, Suécia, Argélia, Brasil, Grã-Bretanha, Coréia.

Mulheres: Canadá, EUA, Suécia, China, Finlândia, Grã-Bretanha, Dinamarca, Austrália, Japão, Brasil.

BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS
Homens: África do Sul, Grã-Bretanha, Alemanha, Espanha, Polônia, Turquia, Itália, Japão, Austrália, Canadá, EUA, Colômbia.

Mulheres: Alemanha, Holanda, Grã-Bretanha, França, Austrália, China, EUA, Canadá, Brasil, México.

RUGBY
Bélgica, Suécia, França, Grã-Bretanha, Canadá, EUA, Austrália, Japão.

VÔLEI SENTADO
Homens: o Irã, Bósnia e Herzegovina, Egito, Grã-Bretanha, Rússia, Brasil, Ruanda, Alemanha, Marrocos, China.

Mulheres: China, EUA, Ucrânia, Grã-Bretanha, Países Baixos, Eslovénia, Brasil, Japão.

Fonte: http://www.cpb.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário