29 de nov de 2013

Pronatec vai ofertar mil vagas para pessoas com deficiência

Mão está sobre teclado
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Departamento Regional de Alagoas, e a Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos reforçaram a parceria para promover a inclusão de pessoas com deficiência nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).


O coordenador do programa pelo Senai Alagoas, Allan Souza, o superintendente de Políticas Públicas da Cidadania e dos Direitos Humanos da secretaria, Geraldo de Majella e a equipe operacional do órgão público se reuniram no Centro de Formação Profissional Gustavo Paiva, situado no bairro do Poço.


O encontro teve como objetivo discutir estratégias visando à captação de pessoas com deficiência para a demanda de cursos de 2014 que serão ofertados pelo Senai/AL, por meio do Pronatec. 


“Existe uma meta de destinar mil vagas para este público, o que corresponde a 5% da meta geral do programa para 2014 no Estado”, explicou o Allan Souza.


Durante a conversa entre representantes do Senai e da Secretaria da Mulher, algumas estratégias foram definidas, como a instalação da central de pré-matrícula do órgão público nas dependências das unidades operacionais Gustavo Paiva (Poço) e Napoleão Barbosa (Tabuleiro do Martins). 


“Essa ação se faz necessária, uma vez que o beneficiário possui dificuldade de locomoção”, comentou Geraldo de Majella.


Outra ação nesse sentido é que, nos meses de novembro e dezembro deste ano, a equipe da secretaria estadual fará a captação e identificação da demanda nos bairros de Maceió, cidade que foi escolhida como piloto. A partir de janeiro de 2014, os inscritos deverão ser encaminhados para as unidades do Senai.

Inclusão produtiva – O Pronatec foi criado pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. Um dos seus objetivos é aumentar as oportunidades educacionais aos trabalhadores por meio de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional.


Fonte:Pronatec



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário