22 de ago de 2014

Companhia Ballet Para Cegos Fernanda Bianchini no Sesc Catanduva, em SP

Foto de um espetáculo da companhia


Durante a Semana da Pessoa com Deficiência, realizada pela Prefeitura de Catanduva (SP), em parceria com o Sesc Catanduva, APAE e Senac Catanduva, a Cia. de Ballet para Cegos Fernanda Bianchini foi um dos destaques da programação. 


Nesta sexta-feira (22), a partir das 14 horas, a companhia se apresentou no Sesc Catanduva.


A companhia é a primeira a ter como membros bailarinos com deficiência visual profissionais, sendo a única no mundo. O lema da companhia é aprender a ver a dança com o coração.
 

A companhia
 

A ABCFB – Associação de Balé e Artes para Cegos Fernanda Bianchini existe há 18 anos e oferece gratuitamente cursos de dança e artes para crianças e adolescentes cegos e expressão corporal para idosos também com deficiência visual. 


O ensino é aplicado a partir do método pioneiro desenvolvido por ela mesma para ensinar dança e derrubar todas as barreiras e preconceitos sociais, já que elas têm a dança como uma motivação de vida e a superação dos seus próprios limites.


O método desenvolvido por Fernanda Bianchini resultou na companhia de balé, que mesmo com as dificuldades enfrentadas, a determinação vai além de todos os desafios. 


A profissional ainda atua como Fisioterapeuta de uma rede de clínicas que leva seu nome. Hoje o grupo já se apresentou em todo o país, além dos muitos convites para dançar para empresas que priorizam espetáculos de superação de limites.


Além disso, eles já receberam visitas, em 2005, a ilustre visita dos Bailarinos do Balé Real da Dinamarca. Em 2007 receberam a visita do bailarino mais famoso do mundo; Mikhail Baryshnikov e sua Cia.; em 2008 receberam o Russian State Ballet e a Cia de David Parsons que presenteia o grupo com uma de suas coreografias.


A companhia já recebeu os seguintes prêmios: Dama comendadora do Estado de São Paulo, comenda dada em 2003 pelo órgão da Cultura Brasileira de São Paulo; título de cidadã emérita de São Caetano do Sul pelo vereador Tite Campanella – 2004; Prêmio 


Os Melhores do Ano de Empreendedora Cultural da Revista Livre Mercado – 2005; Grande Medalha Di Thiene das mãos do prefeito José Auricchio Junior por ser a personalidade imortal de maior destaque da cidade de São Caetano do Sul; homenagem no Livro Nossa Gente: Nossa Cara, como uma personalidade que se destacou na cidade de São Caetano do Sul devido a seus projetos sociais e culturais com lançamento em 2006; e ainda em março de 2008 foi homenageada pelo Diário do Grande ABC devido seu projeto social, por destaque na sociedade do grande ABC. E em setembro de 2008 recebeu a Medalha do Mérito Educativo pelo SIEEESP, sindicato das escolas particulares.


Mais informações sobre os trabalhos realizados pela ABCFB podem ser acessadas no site.


Fonte: O Regional


Nenhum comentário:

Postar um comentário